Quem sou eu


Quem sou eu - Claudio Gabilan_um_pouco_sobre_mim

Eu nasci em Niterói-RJ no dia 21 de outubro de 1985 (ano de inauguração do Rock in Rio, vale o registro). Mas fui criado em um lugar de onde saíram muitos outros nomes como Leonardo Moura (Capitão e Lateral do Flamengo), Tony Garrido (Vocalista do Cidade Negra), André Ramiro (O Matias do Filme Tropa de Elite), E o Lutador Fábio Leão. O Lugar? Vila Kennedy (Zona oeste do Rio de Janeiro), Uma das mais de mil comunidades existentes na cidade maravilhosa.

Mas a vida é como diz o meu amigo Eduardo Lyra: “Não importa de onde você veio, o que importa é para onde você vai”.

Aos 8 anos de idade participei do meu concurso de Desenho com nível estadual, venci. E venci os próximos 2 anos seguintes também.

Depois disso tomei gosto ainda mais por desenhar e chegava a criar 20 ilustrações por dia, estagiei como chargista no Jornal Diário do Rio Doce em Governador Valadares-MG, e aos 19 anos tive minha primeira experiência internacional em uma Editora Norte Americana, primeira vez que recebi meu salário em Dólar \o/ (e nesta época já estava em R$ 3,56).

Voltei a morar no Rio de Janeiro com meus pais, e descobri que o mercado no Rio não era lá um mar de rosas, mesmo sendo “cidade grande”. Comecei a buscar uma qualificação, e foi aí que me deparei com a mensalidade de uma graduação tradicional… nesta época não tinha ENEM, não existia SISU, PROUNI, nada disso. Meu salário era de R$ 320 mensais como auditor de telemarketing e a mensalidade pouco mais de R$ 980 reais. Como venho de família muito humilde, aposentados… eu não podia contar com a ajuda dos meus pais. Foi aí então que decidi pegar toda a grade do que era ensinado na graduação que eu queria (Design Digital), da instituição que eu queria e montei a mesma grade em casa, afinal de contas o que eu queria era o conteúdo, o conhecimento. Comprei livros, E-books e alguns cursos de apoio e quando eu tinha alguma dúvida marcava com alguns professores que fiz amizade e pagava o almoço deles e tirava as minhas dúvidas.

Sempre tive esse espírito empreendedor, inquieto, inconformado… trabalhei em agências de propaganda no RJ por meses de graça, tirando dinheiro do meu bolso apenas para ter “experiência”.

Em 2010 fui indicado como Especialista de Marketing do ano pela Revista FreeShop. Mesmo ano que comecei a palestrar nas faculdades do Rio de Janeiro como Estácio de Sá e UVA.

Atendi muitas empresas sem cobrar um centavo para ter “portfolio”, e no ano de 2011 abri minha agência, Creative Group Arts (CGA Publicidade) e também tive a honra de lançar meu primeiro livro, “Publicitário Nato“.

primeiros livros publicitario nato

Tive a honra de atender muitos clientes, de todos os portes… empresas que tinham filiais em todos os estados do Brasil e algumas que estavam apenas na cabeça do empreendedor. Sim, dei vida a muitas marcas e empresas nesse Brasil e me orgulho em poder contribuir para o ecossistema empreendedor.

Hoje meu foco é o projeto EducatiON onde ajudo pessoas que querem começar a empreender a ter uma base sólida para começar seus negócios sem quebrar nos primeiros anos de vida.

Eu me considero um guerreiro, um empreendedor brasileiro que apesar de todas as dificuldades vividas nesse país, jamais desiste e busca influenciar e ajudar outros empreendedores que matam um leão todos os dias nesse Brasil.

 

LEGAL MAS, NO QUE VOCÊ É REALMENTE BOM?

Design, Marketing e Desenvolvimento de negócios.

E você não é mais um desses Gurus por aí não né?

DEUS me livre! “Sou pobre mas sou limpinho”. Infelizmente existem pessoas que querem tirar vantagem de outras pessoas menos informadas. Graças a Deus eu tenho HONRA, VERGONHA NA CARA e sou HONESTO.

Você é muito ligado à música?

Pra cacete! Sou músico e estudante de música desde os meus 17 anos de idade, tive 3 bandas e uma delas cheguei fazer alguns shows pelo Brasil. Isso me deu uma visão diferenciada para atender alguns clientes que atendo hoje como Sony Music, Universal Music e Warner. Por onde eu vá eu estou com meus fones de ouvido escutando desde MPB à Metal Progressivo.

E você já quebrou alguma vez? 

Já, 2 vezes! E foi ótimo! Momento que eu mais cresci como empreendedor, adquiri algumas dívidas, aprendi o que é inteligência emocional, aprendi em quem confiar… enfim, momento muito difícil porém muito rico.

Do que você mais se orgulha?

De dar orgulho para os meus pais, de ter formado uma família, de não dever nada pra ninguém e por nunca ter pisado em ninguém pra chegar onde cheguei e ainda ajudei e ajudo muita gente boa e ajudei muita gente que não merecia 1 centavo.

Agora você sabe um pouco mais sobre mim, seria legal continuar esse papo com você! Se inscreve na newsletter que a gente se fala por lá e não deixe de me adicionar nas redes sociais 🙂